Audiência pública debaterá criação do Dia da Filantropia

Mauricio Menezes, vice-presidente do FONIF; Custódio Pereira, presidente do FONIF;; Dep. Antonio Brito; Dora Silvia Cunha Bueno, vice-presidente do FONIF e Ednilson Guioti

Mauricio Menezes, vice-presidente do FONIF; Custódio Pereira, presidente do FONIF; Dep. Antonio Brito; Dora Silvia Cunha Bueno, vice-presidente do FONIF e Ednilson Guioti

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou, no dia 9 de agosto, a realização de uma audiência pública para debater a criação do Dia da Filantropia. O requerimento do deputado federal Antonio Brito (PSD/BA) é uma das grandes iniciativas do FONIF para celebrar o trabalho das mais de 9.000 instituições reconhecidas pelo Governo, além de milhares de outras entidades que também praticam a filantropia sem o CEBAS.

Para discutir o tema, serão convidados representantes do FONIF, da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), da Federação das APAES do Estado de Minas Gerais (FEAPAES-MG); e da Associação Nacional da Educação Católica do Brasil (ANEC).

“Estas entidades formam uma importante rede que busca ajudar ao próximo, complementando e, muitas vezes, até substituindo o papel do Poder Público nas áreas da Saúde, Educação e Assistência Social”, declarou Antonio Brito.

Após a aprovação do requerimento, membros do FONIF se reuniram com o deputado federal Antonio Brito, além de outros representantes do setor, para discutir os temas que serão abordados na audiência pública.

© Copyrights 2015 FONIF

Desenvolvido por: AW Digital