Realizada no dia 14 de maio, a Assembleia Geral Ordinária (AGO) do Fonif reuniu virtualmente entidades representativas e instituições associadas do Fórum, que acompanharam o balanço das atividades realizadas em 2020. “Mesmo em um ano extremamente difícil, o fato de estarmos sempre juntos demonstra a força do Fonif”, enalteceu Custódio Pereira em sua fala inicial. O presidente destacou o esforço da equipe de colaboradores e voluntários em utilizar a tecnologia como aliada em um período marcado pelo distanciamento social. Reuniões, webinars da Universidade Corporativa e até mesmo a celebração do Dia Nacional da Filantropia aconteceram de forma remota. Outras iniciativas importantes para o setor foram o manifesto externando preocupação e clamor em desfavor de inúmeras e complexas proposições contidas nos projetos já apresentados na Reforma Tributárial; e reuniões estratégicas com Ministérios e setores do Governo Federal para mostrar os números do setor, dialogar sobre o impacto das decisões do Supremo Tribunal Federal na certificação das filantrópicas e aprofundar discussões sobre o novo marco regulatório para o setor por meio de lei complementar.

Em seguida, Carmem Murara apresentou os resultados das ações de Comunicação, que, a exemplo dos últimos anos, continuou sendo um fator fundamental na missão do Fonif de defender a causa filantrópica e difundir na sociedade informações a respeito da importância do setor para o país. Além da assessoria de imprensa, que mais uma vez contribuiu para ampliar a visibilidade junto à sociedade, o Fórum aumentou o investimento em marketing digital como parte do planejamento estratégico de relacionamento com seus principais públicos. Um mix de ferramentas foram utilizadas durante o ano, como inbound marketing, newsletters, monitoramento diário de notícias, transmissão de webinars no Youtube, além da atualização periódica de conteúdo nos canais digitais da instituição, como site e redes sociais – Facebook, Linkedin e Instagram.
Thiago Ferreira Cabral apresentou os destaques da área jurídica, que ao longo do ano abordou temas relacionados à Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD; Reforma Tributária; COVID-19 e a legislação que trata da suspensão das metas na área da saúde; Manifesto sobre a Reforma Tributária; Reflexos dos julgamentos das ADI´s2028, 2036, 2228, 2621 e 4480 no dia a dia do Terceiro Setor, dentre outros.

Caio Eduardo Thomas conduziu a aprovação das contas do exercício de 2020 e da previsão orçamentária de 2021, considerando os impactos gerados pelo cenário da Covid-19. Pelo segundo ano consecutivo, o Fonif decidiu manter o valor da mensalidade diante do impacto da pandemia. Na sequência, Carlos Lima da Cruz, sócio-diretor da Patri Politicas Públicas, compartilhou os bastidores sobre o andamento da Reforma Tributária e outros assuntos relacionados ao setor filantrópico em Brasília. Por fim, Vanderlei Vianna apresentou um resumo do cenário jurídico englobando a decisão da ADI 4480 pelo Supremo Tribunal Federal e o parecer 00643/2020 da Consultoria Jurídica do Ministério da Educação.

ASSOCIE-SE
Atuantes no setor filantrópico nas áreas de educação, saúde e assistência social, podem se associar. Saiba como.
QUEM SOMOS
Uma associação sem fins lucrativos, com objetivo de garantir os direitos e interesses das instituições filantrópicas. Saiba como.
CONTATO
Tire suas dúvidas sobre o nosso trabalho. Envie suas sugestões e comentários através do nosso Formulário.

Ou pelo telefone:
+55 11 99633-5218

Cadastre-se

Fonif 2021   |   Política de privacidade

Conforme Política de Privacidade e Proteção de Dados recentemente atualizada, o FONIF utiliza cookies e tecnologia semelhante para melhorar a sua experiência no site e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Recomendamos a leitura da nossa Política.