A Assembleia Geral Ordinária (AGO) do FONIF reuniu entidades representativas e instituições associadas do Fórum em um encontro híbrido,  no dia 18 de abril, na sede do Colégio Visconde de Porto Seguro, em São Paulo. O evento teve como objetivo  mostrar as atividades realizadas pelo FONIF ao longo de 2021.

“O ano de 2021 terminou com a conquista histórica de uma Lei Complementar para a filantropia no Brasil. A LC 187 passou por um trabalho inédito entre representantes do setor filantrópico em parceria com o Legislativo, Executivo, Ministérios e Receita Federal. Desde a construção do projeto até as discussões no Congresso e no Senado, incentivamos o diálogo para que a Lei Complementar trouxesse a segurança jurídica necessária para que as filantrópicas continuassem a prestar serviços essenciais de educação, saúde e assistência social”, destacou Custódio Pereira, presidente do FONIF, em sua fala inicial.

Custódio agradeceu ainda o esforço da equipe de colaboradores e voluntários na luta pelas demandas do setor filantrópico. “O trabalho voluntário é a força que move o FONIF. Toda a Diretoria, membros dos Conselhos e Comitês são voluntários que contribuem diariamente com as atividades do Fórum. Só em 2021, foram mais de 2.000 horas dedicadas às reuniões e eventos”, reforçou.

O evento enalteceu importantes iniciativas ido FONIF em prol do setor, como o encontro de diálogo e aproximação com a Secretaria Especial de Articulação Social da Secretaria do Governo (SEAS/SeGov); o termo de Cooperaçāo Internacional para o setor de saúde com a Association for Healthcare Philantropy – AHP ; e reuniāo com o Ministro da Educaçāo. Outro destaque foi a parceria entre as Universidades Corporativas do FONIF e do SEMESP na realização de programas de formação. “Governança Corporativa em Organizações sem Fins Lucrativos”, contou ainda com o apoio do IBGC; e o curso de “Fundraising – Captação de Recursos para Organizações sem Fins Lucrativos”, teve a colaboração da ANEC.

Carmem Murara, diretora de Comunicação do FONIF, apresentou os resultados das ações de Comunicação, que, a exemplo dos últimos anos, continuou sendo um fator fundamental na missão de defender a causa filantrópica e difundir informações a respeito da importância do setor para o país. Além da assessoria de imprensa, que mais uma vez contribuiu para ampliar a visibilidade junto à sociedade, o Fórum ampliou o investimento em marketing digital como parte do planejamento estratégico de relacionamento com seus principais públicos. Outro tema abordado foi a apresentação e validação do plano de comunicação para o lançamento da pesquisa “A contrapartida do setor filantrópico para o Brasil”.

Thiago Ferreira Cabral apresentou os destaques da área jurídica, que ao longo do ano tratou de temas estratégicos para o setor, como o aprofundamento de discussões do PLP 134.

Por fim, Caio Eduardo Thomas, vice-presidente do FONIF, apresentou os demonstrativos fiscais – validados sem ressalvas pela Auditoria externa; e o Orçamento para 2022, com o orçamento de comunicação da pesquisa – que foram aprovados pela Assembleia

ASSOCIE-SE
Atuantes no setor filantrópico nas áreas de educação, saúde e assistência social, podem se associar. Saiba como.
QUEM SOMOS
Uma associação sem fins lucrativos, com objetivo de garantir os direitos e interesses das instituições filantrópicas. Saiba como.
CONTATO
Tire suas dúvidas sobre o nosso trabalho. Envie suas sugestões e comentários através do nosso Formulário.

Cadastre-se

Fonif 2022   |   Política de privacidade

Conforme Política de Privacidade e Proteção de Dados recentemente atualizada, o FONIF utiliza cookies e tecnologia semelhante para melhorar a sua experiência no site e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Recomendamos a leitura da nossa Política.